Notícias / Pará

PAPO DE PET

Cachorro pode comer chocolate? O que fazer se ele comer?

Terça-Feira, 16/04/2019, 12:22:36 - Atualizado em 16/04/2019, 17:29:56 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Cachorro pode comer chocolate? O que fazer se ele comer? (Foto: Reprodução)
O consumo de chocolate pode levar o seu pet a óbito. Fique atento! (Foto: Reprodução)

A Páscoa está chegando e, como em qualquer época do ano, fica difícil resistir aquela carinha de fome do seu pet pedindo um simples pedacinho do que você tem na mão, a exemplo do chocolate. Mas o que muita gente não sabe é que o consumo dessa guloseima pode ser extremamente prejudicial para o organismo de seu animal. Assim como muitos alimentos que os humanos ingerem, o chocolate pode fazer muito mal ao peludinho. 

O chocolate é altamente tóxico para os cachorros pois apresenta duas substâncias que não devem ser consumidas por esses animais: a teobromina e a cafeína. Para quem não sabe, a intoxicação por esse alimento está entre os tipos de envenenamentos mais comuns entre os cães. 

A comemoração da Páscoa no ano passado se tornou um verdadeiro pesadelo para a família de Thor, um Spitz, de dois anos. De acordo com a sua tutora, a representante comercial, Vanessa Gatti, de 30 anos, tudo começou após uma criança oferecer um pedaço de chocolate para o cachorro. Poucas horas após a ingestão, Thor começou a apresentar um incômodo. 

"Ele ficou girando em volta de si e, do nada, surgiu a diarreia. No primeiro momento, achamos que dava pra cuidar em casa. Dei um remédio, mas não parou e ele começou a apresentar diarreia com sangue. Me desesperei e corri para o veterinário. Chegando lá, ele tomou uma injeção, que amenizou os sintomas", relatou Vanessa.

Thor ainda apresentou os sintomas por cerca de quatro dias. 

Thor deu um susto em sua tutora, Vanessa Gatti, após consumir chocolate. Foto: Arquivo Pessoal

Após o episódio, o consumo de chocolate na casa de Vanessa é controlado. "Hoje em dia é proibido comer chocolate e deixar pelo chão. Todos em casa perceberam que não se trata de chatice e sim que eles podem ter problemas sérios de saúde. Ficamos sempre atentos. Toda hora informamos as crianças e quem frequenta nossa casa para que não tenhamos mais esse problema. 

Mas, afinal, porque comer chocolate faz tanto mal para os cães? 

Segundo a médica veterinária, Carolina Martins, as substâncias presentes no chocolate produzem sintomas gastrintestinais que podem levar a insuficiência respiratória, convulsões e, em casos mais graves, até à morte. Ainda segundo a especialista, os sintomas dependem da concentração de cacau no chocolate. Quanto maior, maior será o poder tóxico do alimento. 

Caso haja consumo, a médica indica que os donos dos animais procurem orientação o quanto antes. Além disso, ela ressalta que os sintomas variam de animal para animal.

"Pode ser que o animal não tenha sintoma algum, mas pode ser que tenha sintomas gravez. Isso vai depender do quanto o mesmo ingeriu, qual o teor de cacau do chocolate e qual o porte do animal", afirma a especialista.

Leia mais:

Como substituir o chocolate

Ao contrário do que muitos pensam, existem formas de substituir o chocolate na alimentação dos pets. Uma boa opção são os chocolates feitos à base de alfarroba, que tem o mesmo aspecto que o cacau e sabor similar. Trata-se de um petisco e como tal, tem suas restrições. Apesar disso, ele não é um alimento proibido e se for consumido com moderação e esporadicamente, não traz prejuízo à saúde. 

A ideia do ovo de Páscoa para pet tem agradado os clientes, como afirma Lariane Aquino, proprietária de um petshop em Belém. "Os clientes estão achando o máximo, pois os pets também vão poder participar dessa comemoração. A procura está sendo bem intensa e, inclusive, o pedido que foi feito do número de ovos superou nossas expectativas". 

É importante ressaltar que a intoxicação alimentar pode levar o seu amigo peludo a óbito. Então, antes de dar qualquer alimento, procure orientação médica para saber se o seu animal pode comê-lo. 

E aí, internauta, gostou do "Papo de Pet" de hoje? Deixe sugestão de tema para a próxima edição. 

Texto: Paloma LObato

Coordenador: Gustavo Dutra

Arte: Demax Silva

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL