Notícias / Pará

SAÚDE

Conselho fiscaliza hospital Barros Barreto após denúncia

Quinta-Feira, 20/06/2019, 07:53:14 - Atualizado em 20/06/2019, 07:53:14 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Conselho fiscaliza hospital Barros Barreto após denúncia (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)
Relatório sobre a situação do hospital será entregue à Sespa e ao Ministério da Saúde. (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)

Uma equipe do Conselho Regional de Medicina do Pará (CRM/PA) esteve na manhã de ontem (19), no Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA) e vinculado à Rede Ebserh. O local foi denunciado por médicos esta semana, por conta das “condições precárias” de trabalho e de atendimento à população.

A imprensa não teve acesso a fiscalização feita pelo Departamento de Fiscalização do CRM, com a presença dos conselheiros Antônio Jorge Ferreira da Silva e Jorge Wilson Tuma. “Essas denúncias acabam provocando a nossa fiscalização educativa perante a sociedade e perante os médicos. Precisamos fiscalizar e fazer os nossos relatórios, tentar brigar para que as coisas melhorem, porque a sociedade não merece esse tipo de atendimento”, disse Jorge Tuma.

O conselheiro informou ainda que a vistoria teve o “consentimento da diretoria do hospital” e que a partir dela, serão tomadas algumas providências. “Vamos fazer os nossos relatórios, nossas análises e vamos enviar para os órgãos competentes, como Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), Ministério da Saúde, e para todos os órgãos que são responsáveis por um atendimento de qualidade a nossa população”, pontuou.

De acordo com as denúncias, e que foram constatadas segundo o CRM, estariam faltando todo tipo de material no hospital, desde aparelho para aferição de pressão arterial, e até mesmo álcool em gel para a higiene básica dos médicos.

A estrutura física também estaria deteriorada com vários leitos interditados prejudicando o atendimento de crianças no hospital. Além disso, falta medicamentos, como antibióticos e também leitos em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTI).

Resposta - Denúncia 

Na última segunda-feira (17), o DIÁRIO publicou denúncia dos servidores sobre a situação precária do hospital. Em resposta, a assessoria respondeu que a UTI Pediátrica do hospital está em obras, que estão previstas para serem retomadas neste ano, de acordo com o cronograma de obras do hospital. Em 2017, a ala pediátrica do HUJBB teve seus leitos realocados do segundo andar para um espaço reformado no terceiro andar, o que contribuiu para melhor assistência aos pacientes.

(Alexandra Cavalcanti/Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL